terça-feira, 3 de maio de 2011

Recomeçar...


Depois de um período critico que todos passam depois do término de uma relação amorosa, que inclui crises compulsivas de choro, silencio, noites sem dormir e debates insanos sobre sua própria existência....às quais podem até te levar à pensar em sua importância nesse pobre planeta cheio de dor e medo...lagrimas que nos dão a impressão de desidratação e o desgosto...ah esse velho inimigo vem de forma cruel...dilacera nossos corações e nos arremessa em meio à lama de dor, duvidas e desamor que vivemos quando perdemos nosso amor...


Chega à parecer impossível sobreviver esse temporal de sentimentos intensos e negativos....chegamos à nos prometer que nunca mais iremos nos envolver com alguém novamente....e que Homem ou Mulher....não nos merecem!!!


Mas sim...isso tudo passa, pode apostar! (mesmo com tanta torcida contra!)


O tempo que levará depende muito de cada ser....personalidade, maneira de reagir e a forma como irá lhe dar com a situação, conta muito! Mas é muito individual o tempo necessário para se curar dessa ferida dilacerada que se faz em nossos corações...
Vejo pessoas que praticamente morrem em situações assim...de forma que não conseguem se alimentar nem de sua própria sombra...quanto menos comer, se manter em pé...tentar pelo menos tocar a rotina obrigatória da existência...
Conheço algumas que se escondem atrás de piadas e diversão, daquelas que são até auto destrutivas, acham que estão por cima, nos passando a imagem de que este, está bem.....porém, aos nossos olhos é nítido sua fuga destrutiva e em vão....este não está morto, mas tentando se sentir morto! Amortecido!
Outros, por sua vez....tentam, na medida do possível continuar suas vidas, de maneira que saem, tentam se divertir, até arriscam olhar à sua volta caso alguém interessante passe por perto....e devagar, vão cuidando de suas dores...em silencio....sozinhos...e no dia seguinte, continuam tentando...e lutando!
Eu, particularmente, não fazia idéia do que eu faria, caso passasse por algo semelhante....
Até que chegou meu dia!!!
Confesso que minha primeira reação foi a de tentar me convencer que tudo era temporário, algo que a pessoa que eu tanto amava estava passando naquele momento, e acabou deixando refletir em nossa relação....e por este motivo, fiquei alguns meses ( 8) alimentando dentro de mim uma torrente enorme de esperança de que tudo voltaria a ser como era antes, assim que sua confusão “momentânea” passasse....estaríamos novamente felizes....e juntas! E isso seria apenas mais uma lição do nosso grande e verdadeiro amor!!
Ah ah...engano meu, óbvio!!!


Acho que a pior maneira de se desprender de um desamor ( um amor que és forçado à esquecer, que não pode vivê-lo) é exatamente continuar convivendo com esta pessoa!! Conscientemente ou inconscientemente,nos fantasiamos de que é melhor tê-los aos pedaços, de vez em quando e o mínimo que seja, do que não mais vê-los, ou conversarmos...mesmo que pra isso nos lancemos à uma luta diária de mais dor e humilhação...respeito próprio, passa longe quando nos propomos a rastejar ao lado da pessoa que tanto amamos, e temos a certeza de que não mais ficaremos juntos como antes! Não estou aqui a julgar cada atitude, apenas estou a relatar muitas e minha própria experiência...e dor! O fato é que, quando estamos passando por essa crise, não enxergamos nada além de nosso desespero de perda e dor...e contudo, percebo que decidimos por passos e caminhos que de certa forma, dificultam ainda mais nossa reestruturação....lançamos mão da auto estima que no momento está extinta e nos permitimos à viver como mortos vivos rodando por aí, em busca de energia mínima para sobrevivermos, mesmo não querendo....


Porém.....passa!! Definitivamente, tudo na vida passa!( e nem é a brincadeirinha idiota de que até a uva passa!)


Parece incrível, mas quando você menos esperar, desde que se determine à vencer esse momento, e não se entregue às cinzas desse amor enterrado....um dia você acorda e percebe um vazio....vazio este enorme!! E começa a se questionar do por que dele e aos poucos, percebe que não é nenhum tipo de vazio, e sim....libertação!! já não nos toma todo o ser àqueles sentimentos vagos, negativos e doloridos....e então, abre-se espaço para que retornes à respirar!!! Uffa!!!
E é ai que começamos uma nova fase...a fase do “recomeçar”....que também é um pouco difícil, pois nos sentimos um peixe fora d’água quando percebemos que temos que começar a conhecer novas pessoas, buscar novas diversões e programas e retomar nossa busca acelerada pelo amor, que....por mais que nos destrói quando acaba, sabemos que não suportaríamos viver sem esse grande companheiro da vida!
O amor nos move, nos alavanca...nos leva sempre em frente, nos eleva acima do bem e do mal...o amor é fogo que arde sem se ver, é Ferida que dói e não se sente.....
Basta sabermos e querermos sempre, a cada dia...que nosso coração seja quente....presente....ardente!! pois é ele quem nos faz querer...desejar...almejar...sem seu funcionamento correto, nos sentimos abatidos....neutros demais....sempre à deriva...
Mas quando ele tem motivação pra bater, ele bate com força, com alegria, ele nos revigora, ele nos empurra e nos adora!!! Faz-nos sentirmos amados, queridos, desejados e energizados!!!
Um novo amor?
Vai a dica: não procure um amor pra recomeçar....creia, quanto mais procuramos algo,mais distantes ficamos daquilo que procuramos!!
Abra-se para a vida, apenas...deixe-se viver...sorrir....correr.....ser!!
A consequência do destino é amor.....sempre será....
E enquanto não se ama um homem ou uma mulher.....ame àqueles que sempre estarão ao teu lado, seja pouco, muito, a distancia ou nas farras....ame seus familiares....seus amigos verdadeiros...seja presente para eles, de forma que sua presença seja verdadeiramente um presente, e sinta-se presenteado por estes, pois cada um à sua maneira, faz o seu melhor, se te amam de verdade....
Ame teu próximo, ame teu trabalho, tua casa, teu jeito de ser e o Sol que a cada dia nasce para nos aquecer....ame as crianças, ame os desconhecidos, e ame a boêmia!!! Esta amiga que muitos desprezam ou julgam, não sabem do que se trata a verdadeira boêmia, pois a verdade é que noites mal dormidas, mas muito bem aproveitadas...são revigorantes, energéticos na veia, a todo vapor, acredite!!
Amar e ser amado, depende de nós, jamais de um terceiro......quando nos amamos mais, somos mais amados...quando amamos menos, quase não sentimos o amor...
Por que isso tudo?
Ah!!
Por que eu resolvi me presentear com este desabafo da alma, depois de um dia ter acordado, e sentido essa liberdade impressionante que estou vivendo em relação aos meus amores....e meus amados!!
Sim.....estou na estrada!!!
Sim.....estou feliz!!
E sim....desejo o mesmo para as pessoas que mais me fizeram sofrer....libertem-se! Amem-se....por que é uma grande pena saber tudo o que senti e sofri e mesmo depois de tanto tempo....saber que estes ainda sofrem pelas escolhas que fizeram....
Queria olhar pra traz e sentir saudades....e não olhar pro lado, e sentir que os passos foram mal calculados....mas não por mim! Pois mesmo errando, tentei me redimir....e mudar...e consertar....a minha parte foi feita, talvez não da melhor forma, mas com o meu melhor, acreditem!


Vivam hoje o maior de todos amores que podemos viver....o amor próprio!! Pois é ele que nos faz amar à Deus , ao próximo e nossos parceiros!!



IMAGINE UMA NOVA HISTORIA PARA SUA VIDA....


E ACREDITE NELA!!!

Dedico este texto às ANDREA'S  que hoje tenho em minha vida, e cada uma delas, tem sua história nesse momento e às driblam conforme cada uma sabe e consegue, mas nenhuma deixa de ser dignamente, com todo força e beleza particular que elas tem!
Amo a presença de vocês em minha vida hoje....todos os momentos de desabafos, silencio, palavras, lagrimas, risadas e cervejadas me são à cada dia, uma semente de rosa que desabrocha em meu ser...a amizade e companheirismo que sinto e vivo com cada uma de vocês, são inenarráveis e jamais poderei retribuir à altura, mas saibam que meu coração é de cada uma de vocês, simples e pequeno, mas há amor do mais verdadeiro nele...por vocês!
Obrigada minha irmã Andrea! Por existir!
Obrigada Menin! Por estar comigo!
Obrigada Ramos! Por sua luz!
E obrigada Tonete, pois mesmo com poucas oportunidades, você também é uma das Andrea's da minha vida, viu!!!! Obrigada!!








3 comentários:

Michele P. disse...

Claudia

Texto vivo e verdadeiro. Graças a Deus, temos a oportunidade de recomeçar sempre, não importa quando ou onde paramos!
O mundo é uma bola complexa e gigante e por mais que às vezes nos descabelemos por causa de um amor, achando que aquela pessoa é a única que fará nosso coração bater, um dia descobrimos que não era bem sim. Gosto de repetir: O mundo é grande... Temos 1 universo, 8 planetas, 204 países, 809 ilhas, 7 continentes, 7 mares e 6 bilhões de pessoas! Impossível que não haja uma tampa para a panela de cada um! :)


Uma boa terça-feira, Claudia!

Beijos

Sofia, disse...

Olá!

Texto emocionante, gostei ^^
Obrigada por visitar meu blog, ele está um pouco jogado, mas é bom ver que tem gente lendo ^^

E quanto à fase que está passando, saiba que ela é quase sagrada aos meros mortais como nós. E é feliz saber que meros mortais sempre tem força suficiente para voltar a sorrir com a esperança de renovação.

Com Deus :)

Andrea disse...

Claudinha, que sensibilidade!
Que fino trato que vc dá as palavras!
Pois é...as reflexões sao essenciais à nossa vida...trazem dor, angústia, mas trazem auto-conhecimento!
E quem disse que a dor é somente negativa? é atraves dela e do desconforto que ela causa q nos impulsionamos, crescemos, buscamos o melhor...mesmo sem saber o que é esse "melhor".
E pra que saber? Feliz daquele que tem intranquilidades, desassossego!
te adoro, viu!