domingo, 17 de abril de 2011

A Velha e Amiga Esperança...


Quem não deseja, após as fadigas de uma longa caminhada, encontrar um lugar onde possa descansar à sombra de árvores frondosas; refrigerar-se com a água fresca e cristalina de uma fonte e respirar o odor de flores perfumadas?
Assim, na jornada da vida, quão intoleráveis e áridos não seriam os nossos dias, se não tivéssemos para amenizá-los, a Esperança, essa "amável companheira da vida" que tanto nos alenta e estimula. Sem ela, o lavrador não teria tanta perseverança e constância para cultivar a terra, o marinheiro não arrostaria a sanha do mar furioso e embravecido; o enfermo não suportaria suas dores, nem o cativo o peso do seu cativeiro.

...Não fôra a Esperança, sucumbiriámos ao peso dos males que se sucedem. "Ela tem a arte de separar de nós o que está em contato conosco, e aproximar de nós o que julgamos inatingível; livrá-nos do presente, quando inoportuno, e nos traz o futuro, quando êste parece vantajoso".

Não existe lar, rico ou pobre, que não a acolha; não há coração, altivo ou humilde que não o abrigue. Por onde passa, deixa benefícios e consolações, sobretudo nos lares construidos em choupanas e casebres rústicos e nos corações desesperados e aflitos.

Se os corações abrigam essa esperança terrena, tão sujeita aos enganos, por que não acolher a mais promissora esperança... a divina, que não consente.. esperemos em vão? Por mais que nos alimentemos dessa Esperança, nunca será demasiado, pois tem por fim levantar-nos, fortalecer-nos, aliviar-nos as dores e estancar-nos as lágrimas.

Saturemos nosso coração dessa Esperança, fresca viração que ameniza os ardores da vida. Estrela que brilha no firmamento da existência, nas noites mais sombrias; artista que sabe colocar sobre as urzes que cobrem nossa vida, flores aromáticas; acorde melodioso extraídos das cordas de uma harpa, cujo som nos acompanha a vida até o dia em que alcançarmos o lugar que Deus nos reservou.

9 comentários:

Roseli disse...

Jesus: - Eu sou o caminho a verdade e a vida....
Vc é uma pessoa muito especial, fomos abençoados por Deus com a sua amizade Gd bj

Michele P. disse...

Ahhhhhh! Que coisa legal, Clau! Respondi a seu comentário no meu blog antes de vir aqui ler seu texto. E falei exatamente desta pausa na vida, necessária para continuarmos a caminhada.
Você é ainda uma das poucas pessoas dignas de ser chamada de Humana! Tem um coração bem maior do que o meu, que já é gigantesco.
Foi bom ler-te! Estou precisando de serenidade e paz.

Beijos!

Michele P. disse...

PS: Adorei a nova cara do blog! Ficou lindo e organizado! :)

C.C. Mantovani disse...

Michele P.!! Sua presença aqui é praticamente a cara do meu humilde blog, afinal, sem suas dicas, quem seria eu, neste imenso espaço virtual?
Quanto ao coração, lhe respondo em seu blog, ok? Obrigada pelo carinho de sempre...tbem estava precisando desse dengo!

Ananery Magalhães disse...

Sumida é pouco neh kkkkkkkk menina eu te perco de vista e vc me abandona tb ai ja viu neh kkkkkkkk bjao otima semana q ainda vem embalada com feriadinho \o/ rsrsrs bjos

Aninha
www.coisasdaaninha.com.br

Marli Boldori disse...

Olá,que texto belo e traz não só a superfície,pois temos que escavar para chegarmos a tão grande significado.Um texto que precisamos não apenas decodificar mas fazermos uma rica reflexão.A esperança é o sentimento que nos mantém no curso da vida.Que bom que a temos.Um grande abraço!

Natallia Rosa disse...

Saturemos nosso coração dessa Esperança E EMANEMOS AMOR.


Belo texto.
abraço

Marcos Estevan disse...

Oiii Claudinha
Muito Profundo teu texto, Adorei...

Fez me lembrar uma frase que levo junto a mim " A esperança é a única que não morre" - pelo menos não deixe-a morrer

beijosss
Fica Com DEUS

t+

Eraldo Paulino disse...

Heideger...

"estamos sempre indo de volta pra casa"

Profundo e acolhedor o teu texto, Clau.

Bjs!