quarta-feira, 3 de novembro de 2010

As Fases que Você Enfrenta Quando Termina uma Relação!




Fossa Generalizada: é aquele estágio logo após o desastre. Você acabou de terminar o namoro e tudo te lembra a pessoa: Aquela camiseta listradinha que vocês compraram juntos, os momentos felizes naquele barzinho que vende lanches deliciosos, algum filme romântico que parece contar a sua história... etc. Qualquer coisa, mesmo sem relação alguma com o namoro/e ou casamento te faz lembrar incessantemente a pessoa que você mais precisa esquecer!! É nessa fase que você pensa em se matar, se jogar na frente do metrô, cortar os pulsos, entrar na câmara de gás ou encher a cara! Mas o pior é que a vontade de se matar não é tão simples: o suicídio deve acontecer na frente da pessoa que te abandonou, para ela ver como você está sofrendo. Porra!

Foda-se: o nome já diz tudo. Ela não me quer: foda-se. Ela arranjou outro: foda-se. Foda-se a família dela. Foda-se os amigos dela, os planos. Foda-se tudo e todos. Ela nem era tão bonita assim, tinha aquelas espinhas horríveis. Eu vou embora comprar um hambúrguer, isso sim. Eu encontro outra, porra (pelo menos tento me convencer, na raiva!!). Existem três bilhões de mulheres no mundo. Quem ela pensa que é? Foda-se! ( mas é tão difícil alimentar esse pensamento!!!) Caralho!!

Triste Solidão: é quando você se dá conta que acabou mesmo: a pessoa não vai voltar, vocês não vão se ver mais, nem conversar. É o fim, cara. Aì bate a solidão. Ah, era tão bom namorar, curtir juntos, sair...namorar....rir juntos..... agora eu estou aqui sozinha, olhando para o computador, ouvindo Migalhas (Simone) sem ninguém para cantar comigo. E nesse momento você percebe as pessoas te olhando e comentando: “Olha lá, não é aquela garota que terminou o casamento?”. É muito triste...diversas noites sem dormir, sem se alimentar..sem atender ao telefone, afinal, sua família, amigos ...ficam te ligando pra ver se você não teve coragem de se matar...e outros ficam tentando te convencer de que você deve sair, esquecer e que tudo isso vai passar!! ( falar é tão fácil!)...mas você tenta se convencer de que vai sair dessa!!! Fica cm a cabeça fritando...e o coração desmanchando....literalmente!!
Balada: Aí, você entra na fase, depois que passou por isso tudo (acima) de não mais querer ficar em casa...o silencio que antes te dava segurança agora lhe traz tormento...o silencio parece lhe corroer a alma e sua casa (a minha tem 3 cômodos) fica do tamanho de uma discoteca, tudo dá eco, tudo te irrita e lhe causa desespero... você se sente como se a cada metro quadrado tivesse uma placa dizendo “ SAI DAQUI!”...
Você passar a ir direto do trabalho pra casa de amigos, da mãe, paras baladinhas que te levem à tomar uma cerveja e esquecer o que te destrói por dentro...
Ri a noite toda, e quando chega em casa....percebe que o vazio permanece e que definitivamente acabou!! Sou apenas eu...comigo mesma!! Deus...quantas cervejas mais eu deveria ter tomado pra não ter essa maldita sensação??!
E quando extravasa e toma demais....acorda no dia seguinte arrependida de ter tomado tanto e ainda tem a consciência de que de nada adiantou! Passa seus dias se arrastando, com o corpo pedindo pra desacelerar e a alma pedindo pra dar logo 200/km por hora!!
E assim, consegue ir tocando, pois tem em seu intimo a certeza de que tudo isso vai passar ( mesmo estando nessa à 8 meses) mas afinal (pensa) todos sobrevivem ao fim de um relacionamento, por que eu não sobreviveria?? (será?)

Você começa à se tornar adepto novamente dos churrascos de dia inteiro, pois sabe que um domingo sozinha(o) acabaria de vez com tuas forças....passa a freqüentar lugares que jamais pensou em voltar a freqüentar sozinha(o) e fica até deslocada(o) por não conhecer mais ninguém e pior....está desacompanhada(o)!!!!
As noites e fins de semanas que eram pra descanso passam a ser uma maratona desgastante e sem fim, tudo isso, pra que não fiques sozinha(o) e pare pra pensar, e claro...continue a se convencer de que você está “quase” se libertando!!!

E por fim...deduzo eu...deve vir a fase da Aceitação!Esta, ainda não posso relatar com detalhes, pois ainda não à alcancei....mas deduzo eu que seja aquela fase em que você começa a sentir seus pulmões respirando novamente...livres...sem peso....e ar que entra lhe traz uma sensação de prazer e liberdade sem igual.....pois afinal....”estamos, enfim ....prontos para outra!” e com a certeza de que as pessoas são livres...e liberdade é deixar a pessoa amada ir embora, mesmo sabendo que ela está indo para o caminho da dor...mas ela é livre de escolhas...e você à respeita, afinal....você à ama!!
A rosa só é linda e exala seu perfume por que está ali...livre...seguindo seu ciclo...pois se a tirarmos de lá...ela murchará, e ninguém mais verá sua beleza...e sentirá seu perfume...
Liberdade e Amor....andam juntos!

8 comentários:

taisatencio disse...

É querida! Posso te dizer que já passei por alguns desses momentos e que não é nada fácil, mas, o amor está sempre à nossa frente, esperando por uma nova oportunidade! ;)
Um beijão!!!

Andrea disse...

É MEU....PHODAAAAAAAAAAAAAAAA...
mas ontem ouvi uma música q diz NOSSA VIDA...
'Se por acaso morrer do coração,É sinal que amei demais,Mas enquanto estou viva, Cheia de graça, Talvez ainda faça, UM MONTE DE GENTE FELIZ!" Rita Lee SAÚDE....

'...me cansei de lero lero...Dá licença mas eu vou sair do sério Quero mais saúde Me cansei de escutar opiniões De como ter um mundo melhor Mas ninguém sai de cima Nesse chove-não-molha Eu sei que agora
Eu vou é cuidar mais de mim!"

É ISSO

TE AMOOOOOOOOOOOOOO

Michele P. disse...

Oiiiiiiii

Voltei, enfim. (Terminei a monografia da pós- graças ao bom Deus!)

Clau, seu texto é bem real. Já passei por algumas fases (Talvez por todas) e sobrevivi (todos sobrevivem).

Já dizia Guimarães Rosa: "a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem."

Beijo grande!

taisatencio disse...

Presentinho pra vc lá no blog querida!!! ;)
Bjão

Elaine Gaissler disse...

Eita tempo ruim esse aí né?! rsrs
Mas passa sim, só que demoooooooooora rsrs... Sou péssima consoladora, né?! rsrs
Abraço.

Mah disse...

Acabou...chegou ao fim...dá um medão a impressão que dá é que o chão se abriu... é terrivel saber que não temos o controle de tudo e que de certa forma perdemos...e ganhamos uma nova vida,novos amigos e ganhamos a esperiência!ah sim!aprender com a vida o jeito mais dificil e doloroso,só que o mais compensador, o tempo acalma o coração e com ele a tempestade que não parece ter fim, e vemos o arco-íris brilhando pra nós.
Abraço =)

Vi e Ouvi Por Ai disse...

Pior que as fases são assim mesmo... vc disse tudo!!!... engraçado que depois que passa o tempo vc vê como tudo poderia ter acontecido diferente... rs

Beijoss e bom final de semana!!!

Vivian

Eraldo Paulino disse...

Olá, só agora eu pude ver o teu recado no meu blog. Ando tão enrolado que eu já programo por um mês as minhas postagens e só exporadicamente tenho podido ler os recados.

Bom, acho que perdi a surpresa, né? Mas de qualquer forma fiquei muito feliz com a tua visita.

Abraços!